.

MIB

Um bom arranjo musical deixa aparecer as nuances de todos os instrumentos e vozes. Nesse contexto, há uma máxima de que "o menos é mais". Na música instrumental isso fica bem claro no que se pode chamar de boa música. Nesse contexto, você já deve ter entendido que MIB não são os "homens de preto", mas sim, Música Instrumental Brasileira.
Os músicos brasileiros são muito talentosos. E nem sempre reconhecidos. Por exemplo: Você já ouviu falar de Mané Silveira? E Swami Jr? Se os conhece, parabéns! Caso contrário, hoje vai saber um pouco mais sobre o trabalho deles.

Os Músicos
O saxofonista, compositor e arranjador Mané Silveira tem mais de 20 anos de carreira. Seu talento traz uma junção do jazz com ritmos brasileiros, como o chorinho, e pode ser encontrado em seus trabalhos solos ou na participação com ícones da música brasileira, como Arrigo Barnabé, Johnny Alf, Itamar Assumpção, Nelson Ayres, Roberto Sion, Guilherme Arantes, Vânia Bastos, Tetê Espíndola, Eliete Negreiros, Toninho Ferragutti, entre outros. Silveira participou do Festival de Jazz de Montreaux nas edições de 93 e 94, ao lado do compositor japonês Seigen Ono, ligado à vanguarda nova-iorquina. (Foto de Mané Silveira: Kriz Knac)
O violonista e contrabaixista Swami Jr. também tem mais de 20 anos de carreira. No início de carreira, fundou a banda Xoro Roxo, que excursionou pela Europa nos anos 80. Ficou 4 anos em Paris e, quando voltou ao Brasil, dedicou-se ao trabalho como 0 violão de sete cordas. Já atuou ao lado de Dominguinhos, Sivuca, Paulo Moura, Paulo Belinatti, Arismar do Espírito Santo, The Heartbreakers, Chico César, Zizi Possi, Luis Melodia, Fernanda Abreu e outros.
Swami Jr. também é compositor, arranjador e produtor. Um de seus últimos trabalhos poderá ser conferido em breve e traz uma reunião da música cubana Omara Portuondo com Maria Bethânia, além da participação especial de Chico César, Chico Pinheiro, Vanessa da Mata, Zeca Baleiro e Zélia Duncan. Segundo o blog do jornalista Mauro Ferreira, a previsão de lançamento do CD é para março, com um show que reunirá as duas cantoras em um mesmo palco, no Canecão (RJ). (Saiba mais sobre este CD)

A Música
Nesta semana você curte no DoxaOnline a reunião destes dois talentosos músicos, que gravaram juntos o CD Imã (1999). O interessante é que não encontrei este trabalho em uma loja de CDs, mas sim na Oficina do Bove, reduto histórico dos saxofonistas na capital paulista, apelidada por alguns músicos de "Casa dos Milagres", tanto na recuperação de instrumentos quanto nas raridades que lá são encontradas.
A música é Sonhando, uma composição do clarinetista, saxofonista, compositor, arranjador e regente brasileiro Sebastião de Barros (1917-1980), popularmente conhecido como K-Ximbinho. Aluno de harmonia e contraponto do mestre Koellreutter, K-Ximbinho trouxe à música brasileira, em especial ao choro, elementos jazzísticos.

Dica
Se você gosta de música instrumental, acesse já o site Vozes da Música Instrumental. Vale a pena!

0 Opiniões:

Google