.

(Dis)Simulado

ENEM
(Exame Nacional Evangélico Neófito de Ensino Medíocre)

1 – Grupo surgido nos anos de 1970 com acampamentos para jovens.
a) Jovens da Verdade
b) Jovens da Convicção
c) Jovens de perna-curta
d) Jovens de verdade

2 – Grupo de música gospel surgido em Belo Horizonte:
a) Atrás do Trono
b) Diante do Trono
c) Do Lado do Trono
d) Eu Que Não Me Sento no Trono De um Apartamento Com a Boca Escancarada Cheia de Dentes

3 – Comunidade evangélica neopentecostal fundada em brasília:
a) Sara Nossa Terra
b) Trata Nossa Água
c) Cura Nosso Fogo
d) Purifica Nosso Ar

4 – Mega Igreja Evangélica de Belo Horizonte:
a) Igreja Batista da Lagoinha
b) Igreja Batista do Riozinho
c) Igreja Batista do Encapelado Mar
d) Igreja Batista da Areia Movediça

5 – Grupo musical do início da década de 1970:
a) Grupo Argola
b) Grupo Elo
c) Grupo Algemas
d) Grupo Prisão Domiciliar

6 – Músico Evangélico:
a) Guilherme Kerr
b) Guilherme Desejaa
c) Guilherme Solicitaa
d) Guilherme Kerr-Mass-Quee-Deuss-Façaa-aa-Suaa-Vontadee

7 – Pastor de uma grande igreja pentecostal no Rio de Janeiro:
a) Silas Malafaia
b) Muller Malafaia
c) Silas Mala-sem-alça-faia
d) Silas Pochete-não-faia

8 – Igreja de São Paulo que não sai da TV não importa a hora que você ligue:
a) Igreja Internacional da Graça de Deus
b) Igreja Gremista da Graça de Deus
c) Igreja Grenal da Graça de Deus
d) Igreja Time-e-religião-não-se-discute da Graça de Deus

9 – Igreja pentecostal baseada em quatro fundamentos:
a) Igreja do Evangelho Quadrangular
b) Igreja do Evãgélico Quadrado
c) Igreja do Evangelho Trapezoidal
d) Igreja do Evangelho cuja soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa

10 – Igreja dos surfistas:
a) Bola de Neve
b) Bola de Gude
c) Bolinhas de Neve no Céu com Diamantes
d) Pé Grande

11 – Movimento evangélico que perturba o trânsito em Sampa:
a) Marcha pra Jesus
b) Câmbio pra Jesus
c) Ré pra Jesus
d) Ponto Morto pra Jesus

12 – Autor de Confissões de um Pastor:
a) Caio Fábio
b) Caiu Fábio
c) Tropeçou Fabio
d) Tudo-Bem-A-Graça-Taí-Pra-Isso Fábio

13 – Apóstola e pregadora da teologia da prosperidade:
a) Valnice Milhomens
b) Valnice Trilhomens
c) Valnice Homens-a-dá-com-pau
d) Valnice Palmitomens

(Teste elaborado pela Verticontes Exames para a FTU - Faculdades Toniolianas Unidas)

Nem tudo é verdade... Nem tudo é mentira...

Parece verdade...
Quem conhece um pouco dos bastidores jornalísticos sabe que grandes jornais e agências têm preparados obituários de personalidades, para rápida publicação no caso de falecerem.O que a Bloomberg não esperava é que um desses obituários fosse para a rede. E, uma vez na Internet, por mais rápido que se tente limpar a área, sempre alguém é mais esperto. Graças à gafe, é possível ter uma idéia do que a agência de notícias prepara para quando Steve Jobs, presidente da Apple, passar dessa para uma melhor! Confira o obituário (em inglês) no blog de fofocas Gawker e a notícia em O Estado de S. Paulo e na Folha de S. Paulo.

Parece mentira...
Na cidade de Bragança Paulista, interior de São Paulo, um ladrão cometeu uma grande trapalhada na última quarta-feira (27/08). Invadiu um prédio comercial e, ao sair - sem levar nada! -, ficou preso no vitrô e teve que ser retirado por guardas municipais.

Capa da Semana (16)

A capa desta semana vai para o lançamento da Editora Mundo Cristão: O que estão fazendo com a igreja, escrita pelo pastor presbiteriano Augustus Nicodemus. Uma capa ousada, de H. Guther Faggion, em que o símbolo do cristianismo - um peixe - é colocado na lata do lixo...

Mídia laica (?)

MÍDIA & RELIGIÃO
Entre a cruz e... a cruz
Por Daniel Sottomaior, em 26/8/2008
Longa e antiga é a discussão sobre o que é notícia e o que deveria ser notícia. Apesar de toda sua subjetividade, esse carimbo vital que sai das mesas dos pauteiros e editores quase sempre expõe uma visão de mundo, em especial quando milhares de jornalistas tomam, independentemente, a mesma decisão. Essa sintonia mágica expressa valores e vieses embutidos profundamente no olhar da imprensa – e possivelmente em toda a sociedade.

Na segunda-feira (18/8), Vilma Martins Costa, a seqüestradora do caso Pedrinho, recebeu liberdade condicional em Goiânia. Nada mais natural que o caso tenha sido reportado em todo o país, sem grande destaque. O que não me parece nada natural é que não se tenha dado destaque algum ao fato de que o despacho do juiz Éder Jorge, da 4ª Vara Criminal do estado, também tenha recomendado a Vilma que freqüentasse entidades religiosas de formação cristã. A recomendação aparece bem ao lado de outros pedidos insuspeitos, como o de não portar armas e manter endereço fixo.

Se você leu isso e não se assustou, ao menos ao ponto de se engasgar e cair da cadeira, então um de nós dois tem um problema. Um de nós acha que os juízes de direito podem se comportar como se o Estado fosse confessional, e o outro não. Um de nós vê a "formação cristã" como fonte natural, universal e inquestionável de moralidade – talvez a única –, o outro não. Um de nós sabe que a laicidade do Estado está profundamente ligada à democracia, e que está expressa no artigo 19 da Carta Magna, o outro não. Um de nós sabe o que são garantias constitucionais como liberdade de consciência e crença, o outro não. Eu poderia continuar, mas acho que você já entendeu.

Arrogância abjeta
Não se trata aqui de indignação com a insensibilidade da imprensa em ver a relevância nacional da minha tia Maricota, mas com a profunda incapacidade de entender e valorizar elementos centrais da formação de democracias modernas e direitos individuais. Se estivéssemos no século 19, e ainda nem soubéssemos o que são direitos humanos e o papel da imprensa em proteger e fiscalizar a democracia, vá lá.

Mas os jornalistas de hoje supostamente são sensíveis a essas coisas. Com toda razão, chacinas e casos de preconceito racial fazem manchetes. Corrupção, nepotismo e tortura são pratos cheios. O princípio da igualdade é perseguido em todas as suas vertentes. Mas parece que essa profunda sensibilidade é bastante seletiva. Exaltar os brancos ou os sulistas é de uma torpeza abjeta, mas Deus nos livre denunciar a conversão forçada de cidadãos à crença em Nosso Senhor.

Nem um único jurista foi chamado para repercutir o fato, mesmo porque diversos veículos, como o próprio Consultor Jurídico, acharam tão desimportante a recomendação do bispo, digo, juiz, que nem sequer se deram ao trabalho de incluí-la na notícia. Não consultaram religiosos, cristãos ou não cristãos, grupos arreligiosos, ou uma associação de liberdade religiosa (sim, elas existem). Não publicaram editoriais clamando por liberdade e denunciando a abjeta arrogância culturocentrista da peça. Nada.

"Princípio da maioria"
Além de seu papel estruturante no funcionamento do Estado, a laicidade é questão vital para mulheres (direitos sexuais e reprodutivos), crianças e adolescentes (ensino religioso), minorias religiosas, GLBTs (direitos de família), pessoas com deficiência (direito ao avanço científico). Ela até chegou a ser abordada ao longo do recente julgamento no Supremo. Mas parece que o interesse foi artificial ou forçado. Salvo honrosas exceções, não havia indignação, não havia engajamento. E agora parece que sabemos por quê. Parece que os jornalistas querem mesmo é dizer amém.

Em artigo divulgado no site da Associação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, Victor Mauricio Fiorito Pereira, que atualmente é membro da instituição, afirmou que o Estado "com base no princípio da maioria, pode optar, quando necessário for, por determinada crença", o que lhe permite "elaborar sua legislação tomando como base as orientações doutrinárias de um determinado credo, nisto incluindo questões polêmicas como aborto, uso de células de embriões humanos e união homoafetiva".

Indolência crítica
Ora, adotar o "princípio da maioria" para subverter direitos individuais é botar a democracia de ponta-cabeça, pois ela se baseia justamente na proteção intransigente desses direitos. A afirmação do promotor, que pertence a uma instituição a quem se confiou a defesa desses direitos, é equivalente, no campo dos direitos humanos, a uma plena confissão de que a tortura e o linchamento são vias democráticas e constitucionais. A simples idéia de que há casos em que é necessário que o Estado opte por uma crença é inadmissível. Em um país sério, isso seria notícia.

Pereira também foi membro do Ministério Público de Goiás, o que levanta sérias dúvidas sobre o que anda se passando no centro-oeste, mas a mídia do país inteiro, em uníssono, não vê que isso seja pauta. Ou eles não conseguem perceber que o Estado está sendo usado para emplacar valores religiosos e converter os cidadãos, ou não se importam. O que é mais grave?

Mais que preocupante, esse torpor jornalístico é um tapa na cara de qualquer cidadão e denuncia com clareza a indolência crítica de nossos meios de comunicação em matérias de relevância não apenas nacional, como global. Com a palavra, nossos editores e jornalistas.

(Daniel Sottomaior escreve em Diário Ateísta e ficou conhecido como ativista da Campanha Brasil Para Todos, para a retirada de todos os símbolos religiosos em repartições públicas)

Retratos & Reflexos (16)

Um livro de peso! Na Bienal do Livro 2008, que acabou no último domingo.

Ebony & Ivory

Filha de um dos músicos da notória banda de Glenn Miller, Patricia Barber é uma pianista e cantora com características próprias. Voz grave, letras próprias, um piano que muitas vezes foge ao jazz convencional.
A música que você ouve esta semana é Gotcha, do álbum ao vivo A Fortnight in France (2004). Para acompanhar Barber nesta turnê, a banda contou com a presença do fantástico guitarrista Neal Alger (um declarado fã da música brasileira), Michael Arnopol, no baixo, e Eric Montzka, na bateria.
(Foto: Valerie Booth)

Humor de 1ª na Segunda (16)

(Wilson Tonioli, in Verticontes)

Fé e descrença

Já começou o segundo debate organizado pela Mundo Cristão, aqui no Auditório B da Bienal do Livro (Parque Anhembi - Zona Norte de São Paulo).
Hoje é a vez do Ricardo Gondim, Jung Mo Sung e Luiz Felipe Pondé. A mediação é de Sérgio Pavarini. A base é o livro recém-lançado pela editora, Fé e Descrença.
Se quiser trocar uma idéia, entre no Twitter ou no MSN do Zona da Reforma: zonadareforma@hotmail.com.
Novamente vou atualizar este post, toda vez que algo interessante acontecer...
A Mundo Cristão comunicou que o evento também tem transmissão do vídeo e áudio via UStream.
E o Ricardo Gondim postou suas idéias iniciais em seu site: www.ricardogondim.com.br.

Frases
Ricardo Gondim
"Os crentes estão em busca do conforto quando vão às igrejas aos domingos"
"A verdade está no mistério do sublime"

Jung Mo Sung
"Fé tem a ver com prática e não com cognição"
"Ninguém fica perdido em uma cidade com uma rua só. Fica perdido em uma cidade com muitas ruas. O ser humano nasce perdido"
"Quem não tem dúvida, não sabe o que é ter fé. Não precisa orar"
"Todas as certezas sobre Deus são falsas. Se eu tenho certeza sobre Deus, não é Deus, é um ídolo"
"Cristianismo não é religião do mistério. Jesus disse: 'Tudo que Deus me revelou eu contei para vocês'"
"Deus não é do tamanho da nossa mesquinhez"
"Amor não forma ordem, forma desordem. Pessoas apaixonadas tornam suas vidas um caos!"

Luiz Felipe Pondé
"Eu sou filósofo. Não sou cristão. Não tenho problema de dúvida"
"A sociedade resiste ao sofrimento. Acha que no final tudo vai dar certo"
"Há pessoas que pensam: Ou eu sou ortodoxo ou eu me abro para a modernidade"
"Para eu me preocupar com justiça, não preciso ter fé"
"O trauma é o que dá forma no corpo"
"A teologia não tem nenhuma capacidade de enfrentar o Darwinismo"
"O trauma é o que dá forma no corpo"
"O legal é ser legal sem saber se vai dar certo"
"Acúmulo de design cego: Este é o nome do conceito do Darwinismo que acua a idéia de que seja necessário a existência de um ser inteligente para colocar ordem no universo"
"Você não precisa da teologia para discutir justiça social, saúde, razão, etc."
"Deus é o melhor conceito que a filosofia já criou"
"Inseguros somos nós todos"


Imagens

Luiz Felipe Pondé
.
Jung Mo Sung
.
Ricardo Gondim
.
Sérgio Pavarini entre "pesos-pesados"
.
Auditório Lotado

eNtrEViStA mINutO
Confira algumas entrevistas que o programa zOnA dA RefOrmA fez nesse dia:

Salvação é exclusividade do cristianismo?


Deus existe para você?

Mais entrevistas, em breve, no blog http://zonadareforma.blogspot.com
[Post atualizado em 04/09/08, às 10:30]

Capa da Semana (15)

Uma capa, no mínimo, diferente. Diário do Comércio - São Paulo.

O que estão fazendo com a igreja (?)

Já começou [agora, 21h, já acabou] o debate organizado pela Mundo Cristão, aqui no Auditório B da Bienal do Livro (Parque Anhembi - Zona Norte de São Paulo).
Hoje é a vez do dr. Augustus Nicodemus debater, a partir do seu recém-lançado livro: O que estão fazendo com a igreja. Na mesa de debates, Dr. Paulo Romeiro. A mediação é de Sérgio Pavarini.
Se quiser trocar uma idéia, entre no Twitter ou no MSN do Zona da Reforma: zonadareforma@hotmail.com.

Imagens

 Dr. Paulo Romeiro

Sérgio Pavarini

Dr. Augustus Nicodemus

Pavarini tentando "apimentar" o debate...

Frases

Augustus Nicodemus
"Os liberais assumem a cor do ambiente em que eles estão"
"Não se fazem mais liberais como antes..."
"Leio e recomendo Rudolf Bultmann [e outros liberais],para saber o que pensam e ler de uma forma crítica. Recomendo a meus alunos, para que eles façam uma leitura crítica"
"Quem se preocupa mais em ser atual que ser verdadeiro deixou de ser teólogo há muito tempo" (frase do livro, capítulo 4)
"Tenho preocupação quando as pessoas vão até a Idade Média buscar espiritualidade [em Teresa D'Ávila e outros da mesma época] fugir do ascetismo, de um legalismo, porque as práticas devocionais podem parecer piedosas, mas a fonte, a raiz dela é meritória".
"Eu odeio o liberalismo teológico, mas respeito o liberal"
"Eu não ouço a música gospel atual (...) Tenta imitar o mundo e faz muito pior do que o mundo. Prefiro Eric Clapton, B.B. King"
"A gente só pode cultuar [a Deus] da maneira que Ele manda"
"O culto a Deus hoje está totalmente desvirtuado"
"Eu creio em avivamento espiritual"

Paulo Romeiro
"Eu não pensei que viveria até hoje para ver a igreja como está agora"
"Todo ser humano deve ser respeitado, independente de crença, preferência sexual (...), sou a favor da democracia: as pessoas têm o direito de crer no que quiser"
"O que existe no Brasil hoje [sobre dons e pentecostalismo em algumas igrejas] é palhaçada! (...) Profetiza-se por dinheiro, revela-se por dinheiro (...) Algumas igrejas não têm evangelho para pregar, mas para vender (...)Vende-se de tudo. Até batismo no rio Jordão, Santa Ceia, Vigílias e assim vai. Viraram produtos"
"Acho que o Deus que os brasileiros pregam hoje é um deus corrompido. Ele só abençoa se der dinheiro para 'Ele'"
"A igreja está precisando desesperadamente de iluminação"
"Há, hoje, um desdém da igreja com o ensino"
"A saída é a volta à Bíblia"

Mais imagens
 Daqui...
.
 ... e de lá
.
 Público atento
.
 Lado a lado
.
Momento autógrafo: Paulo Romeiro
.
Momento autógrafo: Augustus Nicodemus

Na tela
Na estréia do ConfraTube, confira trechos deste debate:








Confira, também, mais fotos.

Na Bienal

Hoje fiz uma passagem relâmpago pela Bienal, em um debate promovido pela Editora Mundo Cristão (confira algumas imagens e frases, aqui). Amanhã tem mais (veja).

Hoje, na Bienal

 
E amanhã tem mais:
(Clique aqui para mais informações)

Análise com qualidade

Na última segunda, zapeando pelas emissoras de rádio, escutei vozes conhecidas e, ao mesmo tempo, estranhas no veículo radiofônico. Descobri que a CBN produz, desde o último dia 04 de agosto, um programa com o nome Notícia em Foco. A apresentação é de Renato Machado e Roberto Nonato, com a participação de Mariza Tavares, a diretora de jornalismo da rede. Equilibrado, o programa traz análises e críticas sobre a mídia, de uma forma descontraída, como um bom bate-papo e também com a presença de convidados. Confira. Notícia em Foco vai ao ar às segundas-feiras, das 19h às 20h.

Retratos & Reflexos (15)

Conheci Dani Gurgel em um show do violonista Chico Pinheiro com a Jazz Sinfônica, em dezembro de 2004 (veja minhas fotos desse evento). Eu, no segundo ano de jornalismo, estava cobrindo o evento para o site EntreCantos e acabei ficando em uma fila entre fotógrafos profissionais, dentre eles, a Dani. Conversamos, trocamos e-mail e nunca mais a vi. Mas, tenho acompanhado sua carreira. E, além de fotógrafa, o que você pode acompanhar pelo site pessoal, pelo blog e pelo Flickr, ela também ataca na música.

Som divino

Nessa semana você curte uma dupla fantástica. A América Latina está muito bem representada por dois grandes músicos que invadiram a "América", ao Norte.
O saxofonista, clarinetista e flautista Justo Almario nasceu na Colômbia e estudou na prestigiada Berklee School of Music. Confira a página de Almario no MySpace.
Abraham Laboriel é um contrabaixista mexicano que também se formou em Berklee, em 1972. Primeiramente, ficou conhecido como um grande violonista de estúdio. Só depois passou a dedicar-se ao contrabaixo e tocou com feras da música, como George Benson, Chick Corea, Al Jarreau, Elton John e também brasileiros, como Gilberto Gil e Djavan. Também participou de muitos trabalhos ao lado do ícone gospel Ron Kenoly.
A música que rola no DoxaOnline é God is Able, do tecladista Harlan Rogers - parceiro de Laboriel na famosa banda gospel Koinonia (ao lado de feras como o baterista Bill Maxwell, os guitarristas Hadley Hockensmith e Dean Parks, o percussionista Alex Acuña e, nos sopros, John Phillips, posteriormente substituído por Almario). A versão que você ouve é do álbum Justo Almario & Abraham Laborial, um trabalho instrumental da dupla. Nesta faixa, participaram também Abe Laborial Jr., na bateria, Michael Thompson, na guitarra, Greg Mathieson, no órgão Hammond B-5, e o cubano Luis Conte, na percussão.


Na tela
A dupla Almario & Laboriel, juntos em um trecho de improvisação da música You are worthy of my praise (David Ruis - Vineyard):

Confira também, um trecho de um workshop, onde Laboriel toca ao lado do jovem e talentoso guitarrista israelense Yotam Silberstein:

Humor de 1ª na Segunda (15)

Se é verdade, não sei. Mas, o que deve ter sido uma tensão só para os pais, acabou virando comédia na Internet. Uma garotinha entra numa máquina de pegar bichinhos de pelúcia, enquanto o irmão assiste e chama a mãe. Enquanto isso, a menininha já "vira" um dos prêmios!!! O drama, agora, é como sair da máquina e a mãe pede que a filha saia pelo mesmo caminho. As imagens foram gravadas pela câmera de segurança de um restaurante na Carolina do Sul, nos EUA.(Via PavaBlog)

Obrigado, Douglas!

Dia de Sol, torcida 100% a favor, primeiro lugar na tabela. Nada melhor do que assistir pertinho do gramado o Timão vencer... O adversário, América-RN, não conseguiu levar perigo para Felipe. E Douglas foi o nome da vitória corintiana. Fez o primeiro gol aos 12 minutos do segundo tempo e a jogada para o segundo gol, numa trapalhada homérica do time potiguar, que finalizou no gol contra de Anderson Bill, aos 31 minutos da etapa final do jogo.
A bola rolou, o timão saiu vencedor. Mas, o Mateus e a Raquel curtiram mesmo a folia da Gaviões, as bandeiras enormes tremulando pela arquibancada e a "ola" dando voltas em todo o estádio, tomado pela fiel torcida alvinegra.
Salve o Corinthians
O campeão dos campeões
Eternamente
Dentro dos nossos corações

Salve o Corinthians
De tradição e glórias mil
Tu és orgulho
Dos esportistas do Brasil

Teu passado é uma bandeira
Teu presente, uma lição
Figuras entre os primeiros
Do nosso esporte bretão

Corinthians grande
Sempre altaneiro
És do Brasil
O clube mais brasileiro!


Aqui tem um bando de louco
Louco por ti Corinthians!
Aqueles que acham que é pouco
Eu vivo por ti Corinthians!
Eu canto até ficar rouco
Eu canto pra te empurrar
'Vamo', 'vamo' meu Timão
'Vamo' meu Timão, não pára de Lutar!

Caiu na rede é peixe Lê Lê Á
(O quê? O quê?)
O Timão vai golear

Corinthians
Corinthians minha vida
Corinthians minha história
Corinthians meu amor

Pacaembu ela domina
Morumbi ela destrói
No Rio ela arregaça
Qualquer um que ela encontra
Não tenho medo de morrer
Dou porrada prá valer
Eu amo essa torcida
E o nome dela eu vou dizer
Como é que é? Como é que é?
Como é que é?
Ga-vi-ões! Fiel!
Eu sou
Da Gaviões eu sou
Corinthians joga eu vou
E ningúem vai me segurar

Não pára, não pára, não pára
Não pára, não pára, não pára
Vai prá cima Timão
Ôoooooo Todo Poderoso Timão...
Ôoooooo Todo Poderoso Timão...

Vou cantar pro Timão ganhar!
Vou cantar pro Timão ganhar!
Eu te amo, eu te quero bem!
Vou cantar pro Timão ganhar!
Vou cantar pro Timão ganhar!

Eu te amo!
Eu te adoro,
meu amor!

A semana inteira fiquei esperando
Pra te ver Corinthians
Pra te ver jogando
Quando a gente ama
Não mede esforço
Pra ter ver jogar
Te ver jogar, te ver jogar!

Não é brincadeira
Vou vestir meu manto
Manto do alvinegro
Tem que ter respeito
Amor à camisa!
Vou com o Corinthians,
Em qualquer lugar!
Qualquer lugar, qualquer lugar!

(Confira também o site da Gaviões)

Confrades ilustres

Esta é uma semana para honrarmos nossos ilustres confrades na 20ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo:
 - Sérgio Pavarini: Dias 21 (quinta) e 22 (sexta), às 19h, com palestras no Auditório B;
 
Os interessados em participar destes eventos devem confirmar presença
até o dia 20 de agosto através do e-mail isabella@mundocristao.com.br
Será concedido um desconto de 40% na compra dos livros acima para
as pessoas que confirmarem antecipadamente sua presença no evento e
  adquirirem seu exemplar no local. Vagas limitadas. (Saiba mais)

  - Luis Erlin: Dia 23 (sábado), às 18h30, lançamento do seu livro Jesus nos ensina a viver com ilustração de Mauricio de Sousa (e a presença dele, claro). Avenida 2, entre as ruas C e D.
Serviço:
BIENAL DO LIVRO DE SÃO PAULO 2008
14 a 24 de Agosto
Parque de Exposições Anhembi
Avenida Olavo Fontoura, 1209
Horário: das 10:00 às 22:00
Ingressos:
Público geral - R$ 10,00
Estudantes e Idosos 60 a 64 anos - R$ 5,00

Religião e Poder (4)

Notícia da agência AFP:
Fundamentalistas cristãos pedem a Deus dilúvio contra Obama
13/08/2008 00h09

WASHINGTON (AFP) - Um grupo fundamentalista cristão reza para que um dilúvio caia sobre o candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, quando este aceitar publicamente a indicação do partido na disputa pela Presidência dos EUA.

"É errado pedir às pessoas que rezem para que chova em proporções bíblicas?", questiona Stuart Shepard, segurando um guarda-chuva, em um vídeo divulgado pelo grupo ultraconservador Focus on the Family ("Foco na Família").

No vídeo, ele pede aguaceiros "abundantes, torrenciais", que inundem Denver (Colorado, oeste) durante a Convenção Nacional Democrata que começará em 25 de agosto e irá coroar a candidatura de Obama, oficialmente.

O discurso de aprovação de Obama, em 28 de agosto, será em um estádio de Denver, com capacidade para 75.000 pessoas. As entradas já estão esgotadas.

No mesmo clipe, Shepard pede que a chuva desabe "dois minutos antes de começar o discurso de aprovação".

"Ainda sou pró-vida e ainda sou a favor do casamento entre um homem e uma mulher. E gostaria que o próximo presidente, que selecionará os juízes para a próxima Suprema Corte, estivesse de acordo", declarou, aparentemente, em referência ao rival republicano de Obama, John McCain, de 71 anos.

Focus on the Family retirou o "spot" do ar, nesta terça, apenas um dia depois de tê-lo divulgado, embora ainda possa ser visto na Internet. Em um comunicado, Shepard comentou que o vídeo pretendia ser "ligeiramente gracioso".

Já o porta-voz do grupo Tom Minnery declarou: "se as pessoas levaram a sério, nós lamentamos".


Em tempo
Ainda sob o tema, já escrevi anteriormente sobre a organização Focus on the Family e um dos seus principais representantes: James Dobson.

zOnA dA RefOrmA # 008

Neste oitavo programa, com a participação especial dos jovens blogueiros:
Thiago Bomfim - Livraria do Thiago
Vitor Carlos - Amando ao Próximo


Capa da Semana (14)

O nome das Olimpíadas 2008, Michael Phelps, na primeira página do The Miami Herald.
 

Frango Xadrez

Demorou...
Jornalista britânico é preso em Pequim por cobrir protesto
John Ray foi levado por policiais chineses durante manifestação que pedia a independência do Tibete
Cláudia Trevisan, de O Estado de S. Paulo

PEQUIM - Policiais chineses prenderam nesta quarta-feira, 13, o jornalista inglês John Ray, da Independent Television News, quando ele cobria o protesto de oito pessoas pela independência do Tibete, realizado nas proximidades do Ninho de Pássaros, o principal estádio da Olimpíada de Pequim. Ray já foi solto, segundo a Embaixada Britânica.
O governo chinês também intensificou a repressão aos ativistas que pretendiam utilizar uma das três áreas da capital chinesa escolhidas como "zonas de protestos" pelas autoridades. Em tese, as demonstrações nesses locais poderiam ocorrer, desde que houvesse prévia permissão oficial.
Segundo a entidade Human Rights Watch, a polícia prendeu na segunda-feira Ji Sizun, um chinês da província de Fujian que havia pedido permissão para realizar manifestação em um dos locais delimitados para esta finalidade.
Ji Sizun apresentou sua solicitação no dia 8 de agosto e disse que seu objetivo era defender a maior participação dos cidadãos nos processos decisórios do país e denunciar a corrupção e o abuso de poder por membros do Partido Comunista. Quando voltou no dia 11 para verificar o andamento do pedido, Ji Sizun foi preso e estava incomunicável até esta quarta, de acordo com a Human Rights Watch.
O jornalista John Ray foi agarrado por policiais quando cobria um protesto organizado pela entidade Students for a Free Tibet. Atirado no chão e arrastado até uma van, Ray teve seu equipamento confiscado e foi filmado pela polícia.
"O Clube de Correspondentes Estrangeiros da China está horrorizado com a detenção e tratamento brutal de John Ray, um jornalista credenciado, a menos de um quilômetro do principal Estádio Olímpico. Nós exigimos que as autoridades devolvam seu equipamento, apresentem um pedido de desculpas e investiguem a possível ação ilegal e abuso de autoridade por parte da polícia", disse em nota o presidente da entidade, Jonathan Watts.
Os sete norte-americanos e um japonês que participavam do protesto também foram presos e devem ser deportados. Na semana passada, a Students for a Free Tibet já havia organizado uma manifestação nas imediações do Ninho de Pássaros. No domingo, o local escolhido foi a emblemática praça Tiananmen, no coração de Pequim. Todos os participantes das manifestações eram estrangeiros e foram deportados.
Antes da prisão de Ray, o clube de correspondentes já havia registrado cinco episódios de interferência indevida da polícia no trabalho de jornalistas na China apenas no período de 7 a 12 de agosto. Entre as promessas que Pequim apresentou para ganhar a disputa pela Olimpíada de 2008, estava a garantia de liberdade de atuação dos jornalistas, que está longe de ser cumprida.
Também não saiu do papel o anúncio de que a capital teria três "zonas de protestos" que poderiam ser utilizadas por eventuais críticos do governo. Ninguém teve sucesso até agora nos pedidos de autorização e alguns nem sequer conseguiram apresentá-los.
Além de Ji Sizun, a Human Rights Watch identificou outros quatro casos de pessoas que foram presas ou perseguidas pela polícia antes ou depois de terem apresentado pedidos de autorização para realizar manifestações nos locais pré-determinados pelo governo.
A criação de três "zonas de protestos" na capital chinesa foi anunciada no dia 23 de julho pelo diretor de segurança do Comitê Organizador da Olimpíada de Pequim, Liu Shaowu.
"Ninguém deve confundir a falta de protestos com a falta de queixas", afirmou Sophie Richardson, diretora da Human Rights Watch para a Ásia. "A detenção e perseguição daqueles que tentaram acreditar nas palavras do governo mostram até onde as autoridades irão para evitar que as pessoas expressem de maneira pacífica as suas opiniões."

Retratos & Reflexos (14)

Nesta semana, um quadro de Rembrandt que marcou a vida do escritor Henri Nouwen e deu origem - e nome - ao fantástico livro A Volta do Filho Pródigo.

MNC

Se pudermos chamar a música fora do circuito de Música Não Comercial, talvez um bom momento para curtir o que tem sido feito pelo Brasil afora seja assistir os shows dos músicos selecionados no projeto Rumos Música - 2007/2009, do Itaú Cultural, que traz ótimas apresentações entre a próxima quinta-feira (14) e domingo (17), sempre às 19h30.

Dia 14 - Quinta
O cearense Idson Ricart abre a série de espetáculos, no dia 14, com composições inspiradas no cotidiano de sua cidade natal, Quixadá. Em seguida, os integrantes do grupo mineiro Porcas Borboletas apresentam, com uma irreverente performance de palco, suas letras carregadas de ironia.
Dia 15 - Sexta
O segundo dia de shows começa com os paulistas Luis Felipe Gama e Ana Luiza, que acreditam ser possível fazer música brasileira de qualidade e profundamente popular sem concessões ao mercado fonográfico. Depois do duo, os também paulistas do Izabel Padovani Trio fecham a noite.
Dia 16 - Sábado
A música de Goiás ocupa a terceira leva de espetáculos, que conta com o grupo Sons do Cerrado - empenhado em divulgar os valores culturais e salientar a identidade do homem do cerrado - e com o cantor Rubi.
Dia 17 - Domingo
A palavra é o foco do trabalho do Grupo Fato, de Curitiba, que interpreta a produção de diversos poetas e compositores da cena independente do Paraná. O conjunto, que abre a última noite de shows, é seguido pelos acreanos do Los Porongas, que propõem uma fusão de sonoridades regionais e universais.

Serviço
Sala Itaú Cultural (247 lugares)
Avenida Paulista 149 - Paraíso (próximo à estação Brigadeiro de Metrô)

À beira do precipício

Em 1977, sob comando do contrabaixista John Illsley e do guitarrista Mark Knopfler, nascia na Inglaterra a banda Dire Straits. Além da dupla, o irmão de Mark, o também guitarrista David Knopfler e o baterista Pick Withers.
O grupo foi na contra-mão do punk rock e do rock progressivo, com uma base no chamado "rock clássico". Logo no álbum de estréia (1978), que recebeu o nome da banda, um grande sucesso emplacou: Sultans of Swing, música que você curte nessa semana no DoxaBrasil.
Dire Straits teve algumas formações e, no final, os só restaram os dois "fundadores": Knopfler e Illsley. Porém, como o guitarrista resolveu dedicar-se à carreira solo, além da produção de trilhas sonoras, em 1991 foi lançado o último álbum da banda, On Every Street e, em 1995, a banda chegou ao fim.
Não encontrei página oficial do Dire Straits na rede, mas tem uma página com bastante material, organizada por brasileiros. Confira.

Coincidência
Segundo consta, hoje (12/08), é aniversário Mark Freuder Knopfler, que completa 59 anos.

No vídeo
Outro grande sucesso do Dire Straits é a música Money for Nothing, cujo clip fez um grande sucesso na MTV.

Humor de 1ª na Segunda

Programa ao vivo tem cada uma...
Confira o primeiro lugar do Top Five (CQC)

Eu confesso

Eu confesso que, como seguidor de Jesus, não tenho sido muito amoroso; tenho sido amargo e lamento por isso. Peço perdão pelas Cruzadas, pelos televangelistas, por negligenciar os pobres e os solitários e porque, graças ao meu egoísmo, não tenho representado corretamente Jesus entre as pessoas ao meu redor. (...) Jesus disse para alimentar os pobres e curar os doentes. Nunca fiz muito disso. Jesus disse para amar aqueles que me perseguem. Tendo a regir violentamente, especialmente se me sentir ameaçado, se meu ego for ameaçado. Jesus disse para não misturar sua espiritualidade com a política. Prejudiquei a mensagem central de Cristo. Sei que isso foi errado e sei que muitas pessoas não vão dar atenção às palavras de Cristo porque pessoas como eu, que O conhecem, colocam suas próprias preocupações na conversa em vez de simplesmente transmitirem a mensagem que Cristo queria que fosse comunicada. E há muito mais.
Confissão, baseada em uma experiência de Tony, Donald Miller e amigos, descrita no livro Blue Like Jazz - nonreligious thoughts on Christian spirituality, que no Brasil recebeu o nome de: Como os pingüins me ajudaram a entender Deus - pensamentos pós modernos sobre espiritualidade (Thomas Nelson Brasil). Recomendo a leitura.
Ah, segundo o Ricardo [Diversità], este livro deve virar filme (confira).

Não basta ser pai!


Música e a letra: Andrew Peterson - Animação: Trevor
Tradução e legenda: Thiago Bomfim
 

Esse é especial para quem, como eu, é pai de 3 meninas... rs...
(Via: Pavablog)
Google