.

Som de outrora

Quando você ouve as seguintes músicas, associa com qual artista?

a) Na Rua, na Chuva, na Fazenda;

b) As Dores do Mundo;

c) Acontecimento.

Se você respondeu...

a) Kid Abelha;

b) Jota Quest;

c) Vanessa Rangel (ou Marisa Monte).

...não ficou tão longe. Mas, provavelmente, deve ter menos de 30 anos (caso contrário, deve ser maníaco por ler encartes de CD's e descobrir os compositores das músicas...). É que estas canções têm em comum um compositor talentoso, porém pouco reconhecido: Hyldon.
Além das regravações mencionadas acima, Hyldon também integrou a trilha sonora do filme Antonia. Mas, foi nos tempos de Tim Maia, Cassiano (escrevi sobre ele em maio), Wilson Simonal e Tony Tornado que o músico baiano destacou-se.
Tudo começou em 1975, justamente com Na Rua, na Chuva, na Fazenda, que intitulou seu primeiro disco. Aliás, as músicas que agradaram ao grande público foram justamente deste primeiro trabalho. Em 1976, gravou o álbum Deus, a Natureza e o Amor, que não alcançou o mesmo sucesso. Mas, nesse trabalho é possível curtir a participação de integrantes de bandas de destaque na história da música brasileira, como Black Rio e Azymuth - entre eles Paulinho Trompete, Oberdan Magalhães e Jorginho da Flauta.
Embora não tenha feito sucesso na época (o que é discutível, já que apenas cinco mil cópias foram colocadas no mercado e se esgotaram rapidamente), este segundo trabalho de Hyldon foi relançado recentemente em CD, tendo inclusive sido masterizado por Luigi Hoffer, um dos técnicos de som que participou da primeira primeira gravação, feita pela Phonogram.
Para essa semana, escolhi Primeira Pessoa do Singular, uma parceria de Hyldon com Caetano Veloso. Esssa faixa tem um time de primeira: no piano elétrico Fender, o talentoso Robson Jorge; no flugel horn, Paulinho Trompete; nos sintetizadores e cordas, Artur "Tutuca" Borba; no baixo, Alex Malheiros; na bateria, Ivan Conti "Mamão"; na percussão, Chacal e Ariovaldo. Nos vocais, um verdadeiro coral (!), com destaque para Jamil Joanes, Fernando Adour, Carlos Dafé,

Confira uma animação para a versão original de Na Rua, na Chuva, na Fazenda:

0 Opiniões:

Google