.

As várias faces de um crime

O fato é um só: advogado é baleado. Mas, um crime pode assumir diversas versões, dependendo do órgão de imprensa que o divulga. Uma hora, o bairro pode ser Campos Elíseos, outra é Centro. Uma hora é zona central, em outra hora, pode virar Zona Oeste e até Zona Sul!!! A forma como a notícia é divulgada também revela o tipo de jornalismo que se opta por fazer, principalmente em relação ao grau de apuração dos detalhes.
Aqui vai um exemplo de um fato que ocorreu - coincidentemente - em frente ao prédio onde minha avó reside, na segunda-feira, 07 de julho. (Nota: O bairro, segundo os Correios, é Centro - embora também seja chamado de Santa Efigênia. É próximo, mas não é Campos Elíseos. E fica na região Central, não Oeste).
Algumas formas como foi noticiado (cronologicamente) no dia seguinte:

08/07/2008 - 11h40
Polícia (Portal Terra)
SP: advogado é perseguido e baleado no Centro

Um advogado foi perseguido e baleado ontem por volta das 16h40 enquanto caminhava na rua Brigadeiro Tobias, na altura do número 263, região central de São Paulo.

Segundo a polícia, um Ford Fiesta, com dois homens, parou bruscamente ao lado do advogado. Um dos homens teria descido e se identificado como policial. Eles teriam iniciado uma luta corporal e o advogado teria conseguido escapar, fugindo para um estacionamento próximo.

O homem que havia se identificado como policial teria disparado vários tiros contra o advogado, na frente de uma testemunha. O suspeito teria voltado para o carro e fugido.

A vítima foi levada ao Pronto Socorro da Santa Casa. Não há informação sobre o estado de saúde dela.

A polícia encontrou cápsulas de munições e três aparelhos celulares no local. A esposa do advogado informou que dois deles eram do advogado, o terceiro não.
O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
08/07/2008 - 19h19
Advogado é baleado na Zona Oeste de São Paulo

Crime foi filmado por câmeras de circuito interno de condomínio.
Advogado está internado em estado grave e corre risco de morte.
Do G1, com informações do SPTV

Um advogado foi cercado por homens armados, perseguido e baleado em uma rua do bairro Campos Elíseos, na região central de São Paulo.

Imagens gravadas pelo circuito interno de um condomínio mostram a movimentação no local do crime. Um carro pára na porta de um estacionamento. Logo depois, há uma correria.

O advogado Paulo Deivis de Queiroz, de 43 anos, foi ferido depois de ser perseguido por dois homens que se apresentaram como policiais e o abordaram na rua. Segundo funcionários do estacionamento, o advogado não estava com o carro parado no local. Ele entrou apenas para fugir durante a perseguição. Atrás dele, veio um outro homem armado. O advogado foi baleado e ainda chegou a caminhar alguns metros, mas caiu ferido.

Um funcionário que não quis se identificar foi quem chamou por socorro. “Aconteceu muito rápido e o manobrista, na verdade, só viu o vulto e os tiros”, disse. Uma moradora da região, que também não quis se identificar, disse que presenciou o crime e que foi tudo muito rápido.

Após os disparos, os atiradores fugiram. O advogado está internado em estado grave na Santa Casa, na Zona Oeste de São Paulo. Ele está inconsciente e ainda corre risco de morte. A polícia ainda tenta esclarecer o crime.


08/07/2008 - SPTV 2ª Edição
Crime misterioso
Um advogado foi cercado por homens armados na rua, perseguido e baleado em Campos Eliseos, na capital.

Imagens gravadas pelo circuito interno de um condomínio mostram a movimentação no local do crime. Na parte superior do vídeo, um carro para na porta de um estacionamento. Logo depois há uma correria.

O estacionamento é este e a correria foi provocada por uma tentativa de homicídio. O advogado Paulo Deivis de Queiroz, de 43 anos, foi ferido depois de ser perseguido por dois homens que se apresentaram como policiais e o abordaram na rua.

Segundo funcionários do estacionamento, o advogado não estava com o carro parado. Ele entrou apenas para fugir durante a perseguição. Atrás dele veio um outro homem armado. Quando chegou em um canto, o advogado foi baleado. Ele caminhou por mais alguns metros e em um ponto caiu ferido.

Um funcionário do estacionamento foi quem chamou por socorro. “Aconteceu muito rápido e um manobrista, na verdade, só viu os vultos e o tiro”, conta ele.

Uma moradora da região, que também não quer se identificar, presenciou o crime. “É muito rápido isso. Parecia filme. Aí veio e pá, deu tiro nele assim”, diz ela.

Os atiradores fugiram. O advogado está internado na santa casa em estado grave. A polícia ainda tenta esclarecer o crime.

O advogado está inconsciente e ainda corre risco de morte.

08/07/2008 - 19h39
Advogado é baleado em Campos Elíseos
Plantão - O Globo Online

SÃO PAULO - Um advogado foi baleado em Campos Elíseos, zona sul de São Paulo, nesta terça-feira. Paulo Davis de Queiroz, de 43 anos, foi abordado na rua por dois homens que se apresentaram como policiais. Ele ainda tentou escapar e correu para um estacionamento, mas acabou sendo atingido. As imagens foram gravadas pelo circuito interno de um condomínio. Segundo testemunhas, tudo foi muito rápido. O advogado está internado em estado grave na Santa Casa e ainda corre risco de morte. 

08/07/2008 - 20h47

Homem atira contra advogado no centro de São Paulo
da Folha Online

Um advogado foi baleado no final da tarde de ontem quando andava pela rua Brigadeiro Tobias, no centro de São Paulo. Ninguém foi preso.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o advogado andava quando um Ford Fiesta preto freou bruscamente diante dele. Testemunhas afirmaram que um homem desceu do carro, se identificou como policial e começou a brigar com o advogado. Os dois, conforme as testemunhas, começaram a lutar, e o homem tentou colocar o advogado no Fiesta.

O advogado conseguiu fugir correndo para dentro de um estacionamento, mas acabou sendo alcançado e baleado diversas vezes pelo homem. O atirador, então, voltou ao Fiesta --onde o comparsa o aguardava-- e escapou. O advogado foi levado à Santa Casa. Não há dados atualizados sobre o estado de saúde dele.

No local do crime foram apreendidas cápsulas dos disparos e três celulares --dos quais dois pertencem ao advogado. O caso é investigado.
Importante
Pelas minhas pesquisas - via Internet - nos dias posteriores nada mais foi noticiado sobre o assunto, seja em relação ao estado de saúde do advogado, seja sobre o andamento das investigações.

0 Opiniões:

Google