.

Protocolos

Jornalismo é cheio de protocolos. E, quanto maior a empresa que o emprega, maior o número de regras. Que o digam Fernando Vanucci (afastado do Esporte Espetacular, em 1999, após entrar no ar mastigando) e, recentemente, Zeca Camargo (que bocejou bem na hora que o Fantástico voltou do comercial). Mas, o campeão da quebra de protocolo do momento não é um jornalista, mas sim o namorado da repórter Sara Carbonero, o campeão do mundo Iker Casillas, que deixou a jornalista encabulada, ao vivo, logo depois da vitória d'A Fúria. Carbonero cobriu a Copa do Mundo para o canal espanhol Telecinco. Sobre o assunto, meu amigo e jornalista Gabriel Louback foi bem direto:

Às favas o profissionalismo. Às favas as regras frias, e até desumanas, do jornalismo. Às favas o bom comportamento esperado e os protocolos. Sou campeão do mundo, salvei minha seleção e essa mulher linda não para de me olhar e de sorrir para mim. Não faz sentido tê-la ao meu alcance e me obrigar a manter distância. Não faz sentido falar nada, como se fosse uma desconhecida. Vem cá, minha nega:

0 Opiniões:

Google